Entenda como a organização empresarial pode contribuir para os controles gerenciais

30 de Março de 2017, por Jeferson Sena | Organização Empresarial
0

Organização significa instrumento, ferramenta ou órgão. O termo guarda o mesmo radical de organismo, que se refere ao conjunto de órgãos de um ser vivo. É na fusão desses conceitos, que forjamos a nossa definição acerca do que é a organização empresarial: “Conjunto de ferramentas e instrumentos que formam os sistemas de gestão das organizações empresariais, assentados sobre seu propósito, ética e cultura."

Modernamente as organizações empresariais se assemelham a organismos vivos complexos, se afastando dos preceitos da era mecanicista. Os estudos e experimentos sobre organizações empresariais, cada dia mais, respeitam os conceitos de cultura, moral, ética, personalidade e espiritualidade das empresas; assemelhando-as às pessoas.

Por isso, a organização empresarial lida com um complexo de sistemas de gestão, que servem a estruturação dos meios de sobrevivência desses organismos empresariais, desde sua concepção, nascimento, desenvolvimento e uma luta constante pela sua imortalidade (perenidade).

Como definir os controles gerenciais

A parte mais visível dos sistemas de gestão são os controles gerenciais, conjunto de apontamentos e indicadores, que visam refletir os vários aspectos dos processos de gestão. Isto permite que o desempenho organizacional seja verificado e melhorado de forma sistemática, por meio do ajuste constante dos processos e das pessoas, racionalizando e otimizando a produção ao máximo.

As escolas modernas da ciência da gestão, tem se deparado com o desafio de implementar novos meios de controles gerenciais, tendo em vista a complexidade do novo organismo empresarial. O principal desafio imposto aos especialistas em organização empresarial, diz respeito à construção de um sistema integrado de controles que possam apresentar um quadro, quase instantâneo, da vida desse organismo. 

Não basta apenas saber sobre as questões financeiras e comerciais, também é necessário saber das repercussões sociais, ambientais e políticas desencadeadas pela atuação da organização. Como seus valores e cultura impactam os públicos. Como suas políticas e ações influenciam o mundo a sua volta.

A criação de controles empresariais no século XXI (ou será que já podemos escrever 21?), precisa levar em conta muito mais do que a avaliação do desempenho, precisa considerar o humor das personas, o carinho do público e até a simpatia despertada nos concorrentes. 

Principais controles gerenciais

Não basta apenas ter um balanço patrimonial “no azul”, com sobras substanciais para distribuição aos sócios. As estruturas organizacionais e os controles gerenciais precisam oferecer mais. Hoje precisamos avaliar o clima organizacional, satisfação dos clientes, impacto socioambiental do negócio, solidez das marcas e se os valores éticos da organização são verdadeiramente social e politicamente aceitos.

Estes são indicadores não financeiros, que permitem avaliar aspectos subjetivos da gestão empresarial, cada dia mais presentes no contexto dos negócios. E a estrutura organizacional da sua empresa, como está? Entre em contato conosco, um bate papo sempre pode ajudar.

Sobre o autor:

Jeferson Sena é sócio-diretor da Ninho Desenvolvimento Empresarial, especialista em projetos de organização e reestruturação de empresas, desenvolvimento, implementação e gestão de planejamento estratégico.

O que achou?

Avalie esse artigo:

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Por favor, preencha todos os campos.



Depoimentos

Na confecção de projetos para captação de recursos é importante somar conhecimentos multidisciplinares, garantindo que o conteúdo do projeto contemple as tecnologias inovadores que serão utilizadas ou criadas durante o desenvolvimento do mesmo.

Fernando Barros de Sá

Assistir

A Decisão Sistemas buscava estruturar a empresa preparando-a para o crescimento. Uma importante etapa do processo era ter uma real visão da situação da empresa, para que fossem definidas ações condizentes com as necessidades da organização.

Almir Firmino da Silva

Assistir

O objetivo da Ninho é criar condições favoráveis e apoiar um conjunto significativo de empresas goianas, de micro e pequeno porte, no desenvolvimento de projetos com foco em inovação, utilizando os programas federais e estaduais de subvenção e financiamento.

Cláudio Henrique de Ávila

Assistir

Clientes

4Parking
Buzzlead
Canion Software
Casa Interativa
Comtec Goiás
Decisão Sistemas
Funtec
Geoinova
HD Tecnologia
Image Buzz
IPróxima Soluções
Grupo Mancini
Meta Tecnologia
Neokoros
Profit
Resultys
Soluti
Supera
Super Bolla
Totvs Goiás
Tron
Unyt Arquitetura de Resultados
Way Taxi

Contato


Endereço: Rua 119, nº 64, St. Sul, Goiânia-GO, 74085-420
+55 (62) 3241-2564
contato@ninho.biz